Quem somos

A Associação Ecocidade (Ecocidade) é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que trabalha pelo fortalecimento da sociedade civil e pela plena cidadania no Brasil.

O Ecocidade foi fundado em 1994 ,por líderes comunitários, oriundos das associações de moradores, com experiência acumulada desde 1988 nas lutas comunitárias do município de Duque de Caxias e região.

Durante as atividades da Eco-92, foram divulgadas imagens e relatos sobre um abrigo de menores e uma comunidade (Cidade dos Meninos) em área ocupada, ambos localizados em terreno de um antigo depósito de pó de broca , BHC, abandonado à céu aberto, desde 1960, com o fim do Departamento de Malariologia da região.

Data deste período a inserção de um componente ambiental nas lutas comunitárias, com ações de educação ambiental, reforçadas com curso de meio ambiente por inteiro em 1994, para várias lideranças de comunidades, que estabeleceram departamentos de meio ambiente em algumas Associações de Moradores. Nesse contexto político temporal e fundada a Associação Ecocidade.

Os principais objetivos da instituição são a sistematização de propostas sócio-ambientais amplas, visando planejamento de ações para influir em políticas públicas relacionadas ao meio ambiente da região, capacitando professores e alunos em temáticas ambientais visando a conscientização ambiental e educação sócio- ambiental para jovens e a disseminação de informações ambientais.

A atuação na área de Duque de Caxias, propiciou ao ECOCIDADE a participação em diversos Fóruns Ambientais como a APEDEMA (Assembléia Permanente de Entidades em Defesa do Meio Ambiente), onde atualmente ocupa a coordenação regional baixada, o Conselho Estadual de Meio Ambiente - Conema, onde participa da Câmara Técnica de Qualidade Ambiental, a Rede Estadual de Educação Ambiental -RJ, o Comitê de Meio Ambiente da Baixada Fluminense, o Conselho Municipal de Meio Ambiente de Duque de Caxias e a Comissão Permanente das Entidades Ligadas a Preservação da Reserva Biológica do Tinguá - ComRebio Tinguá.